Agende sua consulta.
 
 
 

Endometriose e Mioma Uterino: entenda a diferença

  • Home
  • Blog
  • Endometriose e Mioma Uterino: entenda a diferença

Endometriose e mioma uterino

A endometriose é a presença do tecido endometrial fora da cavidade uterina. Uma doença que afeta cerca de 10% das mulheres durante o período reprodutivo. O mioma uterino é um tumor (nódulo) benigno do útero e acomete cerca de 60% das mulheres.

A maior parte dos miomas não determina sintomas. Os sintomas dos miomas dependem principalmente da sua localização e em segundo lugar de suas dimensões.

O útero é dividido em 3 camadas.

  • Serosa: parte externa uterina, é extremamente delgada e também chamado de peritônio uterino.
  • Miométrio: representa a maior parte do útero e é composto principalmente por células musculares responsáveis pelas contrações uterinas
  • Endométrio: representa a parte mais interna do útero, local onde o bebê vai se desenvolver

Classificação dos miomas

A Federação Internacional de Ginecologia e Obstetrícia (FIGO) classifica os miomas em relação a sua localização.

  • Submucoso;
  • Intramural;
  • Subseroso;

O mioma submucoso é definido quando a sua localização é completamente ou parcialmente dentro do endométrio. Este tipo de nódulo é o mais sintomático e determina com muita frequência aumento do sangramento e cólica menstrual.

Imagem de ultrassom demonstrando um mioma submucoso assinalado na seta azul. Seta laranja mostrando o endométrio em branco envolvendo o mioma (mioma completamente submucoso).

O mioma intramural é aquele com localização somente no interior do miométrio, sem acometer o endométrio ou a serosa uterina. São nódulos que podem determinar aumento do sangramento ou cólicas menstruais, especialmente quando de grandes dimensões.

Imagem de ultrassom mostrando um mioma intramural assinalado na seta azul

O mioma subseroso ocorre quando o nódulo está parcialmente ou completamente do lado externo do útero. São nódulos habitualmente assintomático, exceto por exemplo se o pedículo torcer, determinando dor abdominal de forte intensidade

Imagem de ultrassom demonstrando mioma subseroso assinalado na seta azul e útero em corte transverso na seta laranja.

O mioma transmural é definido quando o nódulo possui componente subseroso, intramural e submucoso e habitualmente possui grandes dimensões.

O mioma não se transforma em câncer, embora existam tumores malignos do útero, chamados de sarcomas.

Desenho esquemático com a classificação dos miomas segundo a FIGO: 0: Intracavitário, 1: Submucoso <50% intramural, 2: Submucoso > 50% intramural, 3: IM mas em contato com o endométrio, 4: Intramural, 5: Subseroso > 50% intramural, 6: Subseroso <50% intramural, 7: Subseroso pediculado, 8: Cervical, parasitário.

Diagnóstico do mioma

O mioma é diagnosticado por ultrassonografia pélvica ou ultrassonografia transvaginal. A via transvaginal possui uma resolução de imagem muito superior à pélvica e desta forma, nas mulheres que não tenham contraindicações, a ultrassonografia transvaginal é o melhor método para o diagnóstico dos miomas.

Em algumas situações a ressonância magnética poderá ser solicitada para a avaliação dos miomas, especialmente quando o útero possuir grandes dimensões ou o mioma possuir características atípicas na ultrassonografia.

Miomas atípicos podem algumas vezes corresponder a sarcomas (tumor maligno) e algumas das principais características dos miomas atípicos segundo uma publicação científica de 2019 com a maior casuística de mulheres com diagnóstico de sarcomas são:

  • Grandes dimensões;
  • Crescimento rápido;
  • Crescimento na menopausa
  • Áreas císticas (degeneração)
  • Muita vascularização

Link para artigo científico: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/30908820

Qual a relação entre Endometriose e mioma uterino?

As duas doenças são muito prevalentes nas mulheres durante o período reprodutivo e os sintomas podem ser semelhantes, especialmente a cólica menstrual, inchaço abdominal e sensação de peso na pelve.

É importante realizar uma investigação de endometriose em mulheres com cólicas e já com diagnóstico de mioma, pois é frequente que ambas as doenças estejam presentes na mesma mulher.

Não há maior chance de mulheres com mioma apresentarem endometriose.

 

A Humanize Health é uma clínica especializada que faz o ultrassom transvaginal com preparo intestinal para pesquisa de endometriose e também realiza avaliação de miomas uterinos. Agende e faça seu exame com especialistas.

 

Referências bibliográficas

Termos, definições e medidas para descrever as características ultrassonográficas do miométrio e das massas uterinas: uma opinião de consenso do grupo de avaliação ultrassonográfica morfológica do útero (MUSA). https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/25652685/.

Acurácia da ultrassonografia transvaginal versus ressonância magnética no diagnóstico da endometriose retossigmóide: revisão sistemática e metanálise. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/30964888.

Abordagem sistemática da avaliação ultrassonográfica da pelve em mulheres com suspeita de endometriose, incluindo termos, definições e medidas: uma opinião de consenso do grupo International de Analise da Endometriose Profunda (IDEA). https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/27349699/.

Diagnóstico por ultrassom de endometriose e adenomiose: estado da arte. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/29506961/.

Ultrassonografia para Endometriose Profunda Infiltrativa e Ovariana. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/28076877/.

Saiba mais

https://aagl.org

Artigo publicado por Dr. Fernando Guastella CRM – SP 112.601

Pronto para conhecer os tratamentos e serviços
inovadores oferecidos pela Humanize Health?

Conheça a Dra. Gessiane Pereira

Formação

Nutricionista formada pela Universidade paulista – Sp
Pós graduação em nutrição esportiva, estética e saúde da mulher

Área de atuação


Atuo nas áreas esportiva e saúde da mulher.

Propósito

Mais do que apenas cuidar da alimentação, o profissional da nutrição precisa atuar na área do bem-estar e saúde, de forma leve, paciente e acolhedora, com comida de verdade e muito amor. É nisso que acredito e é assim que trabalho com meus pacientes!

Conheça a Dra. Gessiane Pereira

Formação

Nutricionista formada pela Universidade paulista – Sp
Pós graduação em nutrição esportiva, estética e saúde da mulher

Área de atuação


Atuo nas áreas esportiva e saúde da mulher.

Propósito

Mais do que apenas cuidar da alimentação, o profissional da nutrição precisa atuar na área do bem-estar e saúde, de forma leve, paciente e acolhedora, com comida de verdade e muito amor. É nisso que acredito e é assim que trabalho com meus pacientes!

Conheça o Dr. Thiago Nóbrega

Formação

Graduado em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Paraíba (FCMPB).

Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Especialista em Endocrinologia Ginecológica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-FMUSP).

Especialista em Reprodução Humana pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-FMUSP).

Principais áreas de atuação:

– Doenças endócrino-ginecológicas: Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP), irregularidade ou ausência da menstruação
– Contracepção (DIUs e Implante)
– Climatério e Menopausa
– Reposição Hormonal
– Reprodução Humana

Propósito

Contribuir para disseminação de informações e soluções para preservação da fertilidade, desmistificando tabus e preconceitos, permitindo melhor programação do futuro reprodutivo.

Ajudar pessoas com dificuldade de engravidar na caminhada desafiadora da infertilidade, de forma humana e empática, baseado nos pilares das melhores evidências científicas atuais.

Viabilizar para diversos grupos e modelos familiares, através da doação de gametas ou cessão uterina, o exercício da parentalidade e do amor genuíno.

Cuidar da saúde da mulher na transição entre a fase reprodutiva e não reprodutiva, momento repleto de desafios físicos e emocionais, atento à medicina baseada em evidências, que tem consolidado a Terapia Hormonal como ferramenta importante na manutenção do bem estar e da saúde óssea e cardiovascular da mulher no pós-menopausa.